Você sabia que o seu futuro empregador pesquisa sobre você no google e nas mídias sociais?

social mediaSegundo um estudo feito pela Reppler, empresa de recrutamento online, 91% dos responsáveis pelas áreas de recursos humanos dos empregadores pesquisam os perfis de candidatos às vagas.

A pesquisa mostra que o site mais ‘’fuxicado’’ pelos empregadores é o Facebook. 76% dos entrevistados procuram os candidatos no Facebook, enquanto 53% verificam o Twitter e apenas 48% vão ao Linkedin.

Os recrutadores estão, cada vez mais, contando com as redes sociais para encontrar informações adicionais sobre potenciais candidatos.  No entanto, de acordo com um levantamento realizado pelo site CareerBuilder, 51% dos empregadores que fazem esta pesquisa dizem que encontram conteúdo que inibem a contratação do candidato.

É importante que as pessoas à procura de trabalho tenham a consciência de que precisam prestar a atenção no conteúdo que postam e compartilham, principalmente nas redes sociais.

Razões para um candidato ser negado após a pesquisa nas redes sociais

As razões mais comuns para um candidato ser negado após a pesquisa nas redes sociais são:

  • Fotos e informações provocantes e impróprias;
  • Informações sobre consumo de bebidas ou uso de drogas;
  • Conteúdo denigrindo a imagem de empresas anteriores ou colegas de trabalho;
  • Apresentar falhas ou pouca habilidade comunicativa;
  • Comentários preconceituosos em virtude de raça, gênero, religião etc;
  • Falsas afirmações sobre qualificações;
  • Compartilhamento de informações confidenciais dos empregadores anteriores;
  • Associação com condutas criminais;
  • Mentir sobre ausência no trabalho.

Razões para o empregador contratar um candidato após a pesquisa nas redes sociais

  • Ter uma boa percepção da conduta e personalidade do candidato;
  • Ver uma imagem profissional na página;
  • Ver que o candidato possui uma grade de interesses;
  • Perceber que o candidato possui habilidades para se comunicar;
  • Ver que o candidato já recebeu prêmio e elogios;
  • Encontrar postagens de outras pessoas com referências sobre o candidato;
  • Ver que o candidato possui um número considerável de seguidores ou assintantes;

E lembre-se: só porque você é cuidadoso com suas informações, não significa que os outros também serão. Fique atento ao que os seus amigos postam em seu perfil ou em que fotos e informações você está sendo marcado.

Comente pelo Facebook

Comentários

Comentários
0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>