Home office: vantagens desta realidade do mercado

home-office

Ao longo dos últimos anos houve um aumento significativo no número de pessoas que trabalham sob o regime de home office. Apesar desse crescimento, no entanto, muitas pessoas ainda tem dúvidas a respeito desse assunto, motivo pelo qual preparamos um breve texto com as principais vantagens e mais algumas informações.

Quais as vantagens do home office?

Diversos fatores tem levado um número cada vez maior de empresas a investir em home office. Alguns dos mais populares são:

Ganho de tempo: uma das principais vantagens desse regime de trabalho é o fato não exigir um deslocamento diário do funcionário até a empresa, permitindo que minutos preciosos, que seriam gastos no trânsito ou no transporte público, sejam economizados diariamente.

Aumento de produtividade: quem trabalha em regime de home office tem a opção de escolher o local e a forma que mais lhe agrada de trabalhar. Por conta disso, é natural que haja ganho de produtividade.

Economia: o home office é excelente para empresas que desejam economizar, pois permite uma operação de forma enxuta, gastando menos com aluguel, luz, água e transporte de funcionários.

Qualidade de vida: aqueles que começam a trabalhar em regime de home office costumam notar uma melhora significativa em sua qualidade de vida, tanto por não ter de se deslocar diariamente, enfrentando trânsito e multidões, como também por ter a opção de trabalhar em um local que lhe agrada, almoçar em casa, usar seu próprio equipamento e ficar perto daqueles que são importantes.

Quais os perigos do home office?

Infelizmente nem todas as pessoas estão prontas para trabalhar em regime de home office, pois por mais vantajoso que seja, existem alguns desafios, como por exemplo a dificuldade de manter uma rotina de trabalho e a falta de comunicação entre os membros de uma equipe.

É recomendável que se pense muito bem antes de instaurar um regime de home office em uma empresa. O primeiro passo é uma rígida avaliação do perfil do funcionário para verificar se ele está maduro o suficiente para este tipo de trabalho. Se ele tem o perfil de organizar a sua rotina e principalmente a capacidade de focar e cumprir metas, sem os olhos diretos de uma chefia.

Uma alternativa interessante é estabelecer regras que determinem que o funcionário compareça à empresa pelo menos uma ou duas vezes por semana, para que ele não fique tão distante da rotina da empresa ou de seus colegas de trabalho.

O home office é regulamentado por alguma lei?

Sim, em 2017 foi criada uma lei trabalhista que não apenas definiu o que poderia ser considerado home office (teletrabalho em jargão legal), mas também quais seriam as suas regras e limites – dentre outros pontos, ficou estabelecido que não será preciso pagar hora extra para funcionários adeptos do teletrabalho.

Pensando em investir em home office? Conte com a Desky!

Trabalhar remotamente pode ser algo incrível, que aumenta sua produtividade e melhora sua qualidade de vida. Para alcançar tais benefícios, no entanto, é preciso uma boa estrutura de trabalho. Para tanto, conte com o auxílio da Desky, uma empresa especialista em escritórios inteligentes, com diferentes tipos de móveis para escritório.

Comente pelo Facebook

Comentários

Comentários
0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>